Centro de Informação para Jovens Lusodescendentes

Plano Nacional de Ética no Desporto

 

Eventos

Página Inicial  >  Eventos  >  Educação e Formação
  ALTERNATIVAS | Formação para prevenção e combate ao discurso de ódio online, Educação para os Direitos Humanos ALTERNATIVAS | Formação para prevenção e combate ao discurso de ódio online, Educação para os Direitos Humanos
Candidata-te. Prazo alargado até 10 de outubro próximo.
Educação e Formação Data: 24-09-2018 a 24-10-2018 Agenda: Nacional Local: Centro de Juventude de Lisboa Promotor: IPDJ
Descrição

Estão abertas candidaturas ATÉ 10 DE OUTUBRO para participantes na formação
ALTERNATIVAS | Formação de multiplicadoras/es para prevenção e combate ao discurso de ódio online através da Educação para os Direitos Humanos, 22, 23 e 24 de outubro de 2018, entre as 09h30 e as 18h00.

A formação é gratuita.

O Movimento Contra o Discurso de Ódio [MCDO] - a primeira Campanha online do Conselho da
Europa - foi lançado a 22 de março de 2013.

A Campanha tornou-se um movimento presente em 45 países, uma comunidade internacional
de ativistas online e agregou um grande número de parceiros, tendo sido a primeira iniciativa
internacional ampla a abordar o discurso de ódio como uma questão importante de Direitos
Humanos.

Em Portugal, a Campanha envolveu um grupo alargado de entidades e associações juvenis,
reunidas num Comité Nacional coordenado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude,
I.P. (IPDJ) e decorreu em torno de alguns momentos fortes, acompanhando também a
dinâmica europeia, celebrando os Dias Europeus de Ação e abordando temáticas específicas,
tais como: discurso de ódio sexista, racismo, apoio a pessoas refugiadas, solidariedade com as
vítimas de crimes de ódio, islamofobia e intolerância religiosa, antissemitismo, homofobia, etc.

Após a tradução e lançamento, em 2017, do manual do Conselho da Europa Referências , o
Instituto Português do Desporto e Juventude I.P. lança em 2018 a versão portuguesa do
manual We CAN! Taking action against hate speech through counter and alternative
narratives .


O manual é uma ferramenta essencial na promoção da literacia digital e mediática, bem como
do pensamento crítico e da capacidade de denunciar e agir contra o discurso de ódio. O
manual é dirigido a educadores e educadoras, docentes, técnicas e técnicos de juventude,
ativistas e outras pessoas envolvidas no setor da juventude e da educação que queiram
abordar a questão do discurso de ódio online e a produção de contranarrativas e narrativas
alternativas na perspetiva dos Direitos Humanos.

Esta formação é uma iniciativa do Instituto Português do Desporto e Juventude, através do
Projeto Internet Segura, co-financiado pela União Europeia. A formação contará também com
a sessão pública de lançamento do manual Alternativas.

Objetivos da formação

Tendo em conta este contexto, a formação tem como objetivos:

♥ Promover junto dos multiplicadores e das multiplicadoras as abordagens educativas do
MCDO, da Educação para os Direitos Humanos e do Conselho da Europa;
♥ Disseminar o manual Alternativas de forma a desenvolver competências para a
utilização do manual no trabalho com jovens e na abordagem do discurso de ódio
como uma questão de Direitos Humanos;
♥ Desenvolver competências que se traduzam em comportamentos de promoção e
proteção dos Direitos Humanos;



Competências abordadas

Entre as competências a desenvolver, a formação incluirá:
1) Conhecimentos sobre:
i) O discurso de ódio online , como uma questão de Direitos Humanos;
ii) O MCDO;
iii) As contranarrativas e as narrativas alternativas no âmbito do MCDO.

2) Capacidades relacionadas com:
i) O desenvolvimento de atividades educativas com jovens;
ii) A prática do ativismo online;
iii) A análise de fenómenos de discurso de ódio;
iv) O apoio a jovens na construção de estratégias de combate ao discurso de ódio
através das contranarrativas e das narrativas alternativas.

3) Atitudes relativamente a:
i) Atuar a nível pessoal numa cultura de Direitos Humanos, com especial destaque à
relação entre o eu e as outras pessoas e ao desenvolvimento do pensamento
crítico para analisar e traduzir os valores dos Direitos Humanos em ações;
ii) Trabalho em rede e cooperação com outras partes interessadas e agentes sociais;
iii) Ser ativista e educador ou educadora para os Direitos Humanos online .

PERFIL DOS PARTICIPANTES
Esta formação destina-se a um total de 24 participantes, com interesse e motivação para
participar, promover e disseminar o MCDO através da Educação para os Direitos Humanos.

DESTINATÁRIOS
♥ Técnicos/as de Juventude
♥ Líderes juvenis e líderes de associações e grupos informais de jovens
♥ Jovens ativistas e ativistas que trabalham com jovens
♥ Docentes (será dada preferência a docentes de Cidadania e Desenvolvimento)
♥ Pessoas interessadas em assumir um papel ativo no âmbito do MCDO

A ligação com uma organização, um coletivo ou um grupo informal ativa neste domínio em
Portugal e o compromisso da mesma para o apoio a ações de multiplicação dos resultados da
formação é fundamental.

Neste sentido o perfil de organizações de envio dos e das
participantes engloba:
♥ Organizações de juventude
♥ Organizações da sociedade civil
♥ Movimentos sociais
♥ Grupos informais de jovens
♥ Escolas e universidades
♥ Entidades públicas

Processo de seleção
A seleção será realizada tendo em conta os seguintes critérios:
♥ Disponibilidade para participar na totalidade de horas da formação (requisito
obrigatório);
♥ Diversidade geográfica da residência (representatividade das diferentes regiões do
país);
♥ Diversidade de experiências e práticas;
♥ Possível contributo para o grupo (perfil, experiência, conhecimentos);
♥ Potencial de multiplicação e disseminação dos resultados da formação.
A seleção será efetuada com base nos dados contidos no formulário de candidatura. Em caso
de necessidade, a equipa poderá contactar os candidatos e as candidatas para esclarecimentos
adicionais.

Questões logísticas
A formação irá acontecer no Centro de Juventude de Lisboa nos dias 22, 23 e 24 de outubro de
2018, entre as 09h30 e as 18h00. A formação é gratuita.

No sentido de facilitar a participação de participantes de localidades fora da região de Lisboa,
será fornecido alojamento em quarto duplo ou múltiplo com ocupação dupla (casa de banho
partilhada e pequeno almoço incluído) na Pousada de Juventude do Parque das Nações a um
número limitado de participantes, que manifestem essa necessidade na ficha de candidatura.

Para candidatos e candidatas de localidades fora da região de Lisboa, que provem estar
desempregados ou desempregadas (através da apresentação do comprovativo do Centro de
Emprego) e/ou ser jovens estudantes até aos 25 anos (através da apresentação do Cartão de
Estudante atualizado) poderão ainda ser facultadas viagens de comboio CP para Lisboa, caso
manifestem essa necessidade.

Os almoços serão assegurados pelo IPDJ I.P. para todas as e todos os participantes.
Aos e às participantes será entregue um exemplar do Guia dos Direitos Humanos Para os
Utilizadores da Internet e do manual Alternativas. Será também emitido um certificado de
participação, a entregar aos e às participantes que frequentem a totalidade das horas de
formação, conforme datas e horário indicados.

INSCRIÇÕES | CANDIDATURAS
As candidaturas são efetuadas através do preenchimento de um formulário online até às
23h59 de dia 10 de outubro de 2018.

Formulário disponível neste link: https://goo.gl/forms/lP9HeqU9EjEiI75c2 


Os resultados da seleção serão comunicados, por email, no dia 11 de outubro.

Às pessoas selecionadas será pedido para confirmar a sua participação na totalidade da
formação até dia 14 de outubro.

Para mais informações e eventuais esclarecimentos, contactar: geral@ipdj.pt  indicando no
assunto “ Formação Manual Alternativas ”.




Partilha esta informação E-mail | Facebook | Twitter
pesquisa
eventos
fala connosco
Linha da Juventude800 203 050
Linha
da Juventude
Ponto Já

Subscreve as nossas novidades - RSS





Eurodesk

   
Sítio acessível
segundo as normas do W3C