Cidadania

Página Inicial  >  Cidadania  >  Diálogo Estruturado
  Diálogo Estruturado Diálogo Estruturado
Porque a opinião dos jovens é importante! A tua opinião conta!
Descrição O diálogo estruturado permite aos jovens e aos responsáveis políticos debaterem diversos temas relacionados com a juventude garantindo que a opinião dos jovens contribui para a definição das políticas de juventude da União Europeia.

Os temas debatidos são decididos pelos ministros da Juventude dos países da União Europeia. Após a escolha do tema é formado um grupo constituído por representantes dos países do trio de presidências da UE, da Comissão Europeia e do Fórum Europeu da Juventude, que é responsável pela  coordenação do  processo e pelas elaboração das questões  que são apresentadas, duas vezes por ano, aos jovens de toda a Europa.


 Estas perguntas servem de base à realização de consultas nos países da UE, que são organizadas por grupos de trabalho nacionais e, na maioria dos casos, dirigidas pelos conselhos nacionais da juventude, com a participação de outras organizações juvenis e partes interessadas.


Algumas organizações internacionais de juventude também consultam os seus membros e enviam observações de forma pontual.

Os resultados das consultas nacionais e dos contributos das organizações internacionais de juventude são reunidos em documentos de referência destinados às Conferências da UE sobre a Juventude, onde os representantes dos jovens e os responsáveis políticos têm a oportunidade de trabalhar em conjunto e apresentar à UE as suas propostas. Estas conferências realizam-se duas vezes por ano e são organizadas pelo país responsável pela presidência da UE.
 Esse país apoia as recomendações da Conferência sobre a Juventude e transmite-as ao Conselho da União Europeia para que sejam tidas em conta nas resoluções ou conclusões adotadas pelos ministros europeus da Juventude.
As recomendações das conferências também servem de base às políticas definidas pela   Comissão Europeia.

Até agora realizaram-se três ciclos completos de diálogo estruturado. O primeiro envolveu as presidências espanhola, belga e húngara e foi dedicado ao tema do emprego dos jovens. O segundo contou com a participação de Chipre, da Dinamarca e da Polónia e o tema em questão da participação dos jovens na vida democrática.

 

O terceiro ciclo de diálogo estruturado envolveu a Irlanda, a Lituânia e a Grécia e foi dedicado ao tema da inclusão social.

 

 

 

 

 

 

Cada país gere o processo de consulta à sua maneira, de modo a responder às necessidades dos seus jovens. Se  queres participar podes contactar o Conselho Nacional de Juventude, entidade responsável pela coordenação do Diálogo Estruturado em Portugal.
Partilha esta informação E-mail | Facebook | Twitter
pesquisa
eventos
fala connosco
Linha da Juventude707 20 30 30
Linha
da Juventude
Ponto Já
   
Sítio acessível
segundo as normas do W3C