Saúde e Sexualidade Juvenil

  A beleza e os problemas do corpo dos adolescentes A beleza e os problemas do corpo dos adolescentes
Esta página disponibiliza-te informações sobre o desenvolvimento do corpo na adolescência

Quando se fala em corpo na adolescência, vem logo associada a ideia de uma transformação que surge já desde a puberdade. Trata-se de um período no qual ocorrem várias mudanças, não só na forma de ver a vida e de entender as pessoas como também a nível corporal e da forma como nos sentimos no nosso corpo.

É natural que rapazes e raparigas se questionem sobre todas estas transformações! Pode ser difícil lidar com o corpo nesta fase, uma vez que não se pode escolher nem o momento nem a forma em que este se começa a modificar! Sozinho e “sem nos pedir permissão” o nosso corpo, de forma mais ou menos “acelerada”, vai-se modificando. Todas estas mudanças vão causar algum espanto!

O corpo humano está sempre em mudança. Desde que nascemos até que morremos, todas as nossas células estão em constante transformação. Contudo, existem momentos em que estas transformações são tão visíveis que os pediatras até lhes chamaram os “saltos de crescimento”.

Não existem dois corpos exatamente iguais - à exceção dos gémeos homozigóticos ou “verdadeiros” – e,  por isso, dois rapazes ou duas raparigas exatamente da mesma idade, não vão ter um desenvolvimento rigorosamente idêntico. Todos/as crescemos de forma diferente, temos ritmos distintos.

Pode parecer complicado! Podemos não gostar nada das borbulhas que nos aparecem de repente ou daquela voz que às vezes sai grave, outras vezes muito fininha, ou então dos seios que se desenvolvem cada um ao seu ritmo… O desejo, muitas vezes, é que passe depressa. E passa! O importante é aceitarmos que isto tudo somos nós a crescer!

Apesar da transformação de todas as células do teu corpo continuar sempre até à velhice, a partir de uma determinada altura e até à idade adulta, essas mudanças passarão a ser novamente muito discretas!

O conceito de belo e de beleza é muito subjetivo. Ele varia de pessoa para pessoa e, também, de época para época. Aquilo que é desagradável para um pode ser altamente sedutor e encantador para outro.

Existem determinados aspetos que, em qualquer fase da vida de um rapaz ou de uma rapariga, homem ou mulher, nos podem ajudar a lidar melhor com o nosso corpo, tais como:

  • Praticar algum exercício físico;
  • Ter uma alimentação variada;
  • Consultar médicos especialistas consoante os problemas de saúde (ex: Dermatologia para a pele, Psicologia para a Saúde mental, Nutrição para ajudar a comer de forma adequada, e outros);
  • Evitar hábitos de vida pouco saudáveis (ex: exposição excessiva ao sol sem proteção, fumar, bebidas alcoólicas em demasia, ambientes poluídos...);
  • Ter tempo para hobbies e lazer para além dos estudos.   

O importante é prestarmos atenção na nossa personalidade aos aspetos que consideramos mais positivos: as qualidades, as vantagens e a aceitação de diferentes maneiras de ser. Com o corpo trata-se de fazer o mesmo: tentar aceitá-lo como um todo e melhorar sempre aquilo que podemos.

Este pode ser um bom ponto de partida para nos sentirmos verdadeiramente tranquilos e seguros, não só na adolescência, mas pela vida fora. 
 
Afinal de contas, esse corpo é único e é o teu!


 


Partilha esta informação E-mail | Facebook | Twitter
pesquisa
eventos
fala connosco
Linha da Juventude707 20 30 30
Linha
da Juventude
Ponto Já
   
Sítio acessível
segundo as normas do W3C