Centro de Conhecimento da Juventude

Página Inicial  >  Centro de Conhecimento da Juventude  >  Observatório Permanente da Juventude
  Observatório Permanente da Juventude Observatório Permanente da Juventude
O que é o OPJ, quais os seus objectivos e linhas de investigação.

O Observatório Permanente da Juventude é um programa de investigação e estudos do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, instituição responsável pelo seu funcionamento e coordenação científica desde 1989.

Pretende potenciar:

  • a produção, a troca e a difusão do conhecimento científico sobre a diversidade de realidades juvenis em Portugal e no mundo.

O OPJ beneficia de um largo património e experiência de investigação nacional e internacional, que viu somado em 2010 a herança do programa de estudos do Observatório Permanente de Escolas, em funcionamento no ICS desde 2004.

  • Produzir conhecimento científico sobre juventude, sendo pólo dinamizador de uma rede de investigadores nacionais e internacionais que se dedicam à investigação científica neste domínio, nas suas mais diversas vertentes temáticas.

  • Sistematizar dados e informação validada sobre a população jovem em diversas esferas da vida social, a nível nacional e internacional criando e difundindo indicadores primários e secundários que sinalizem e retratem os desafios que se colocam à juventude portuguesa na sociedade contemporânea.

  • Monitorizar políticas públicas, programas e acções promovidas pela sociedade civil no domínio da juventude, através de estudos, relatórios e pareceres autónomos ou que resultem de encomendas realizadas por agentes e instituições políticas, bem como por organizações cívicas e não governamentais.

  • Divulgar produção científica sobre juventude para públicos mais vastos através de plataformas diversificadas, como:
      •  o  website, http://www.opj.ics.ul.pt/, colocando online conteúdos actuais e sistematizados,
      • a dinamização regular de colóquios, conferências e seminários abertos ao público em geral,
      • a promoção de cursos de especialização e formação para públicos específicos, ou ainda a promoção de estágios científicos para jovens, em parceria com o Ciência Viva.
  • Intervir nos grandes debates públicos sobre questões juvenis, sempre que o OPJ ache justificado, seja solicitado e detenha conhecimento fundamentado sobre a matéria em causa.

  • A acção junto dos meios de comunicação social, a disponibilidade para participar em acções organizadas por protagonistas desses debates, ou a própria organização de debates com esses mesmos protagonistas, são instrumentos equacionados nesta estratégia de intervenção.
    • Actualmente, o OPJ estrutura-se em 10 linhas de investigação:


      • Consumos e lazeres juvenis
      • Corpo, saúde e sexualidades
      • Educação, formação e aprendizagens
      • Habitação, vida familiar e laços sociais
      • Horizontes profissionais e transições para o mercado de trabalho
      • Identidades e culturas juvenis
      • Jovens, media e tecnologia
      • Socialização e participação cívica e política
      • Território, mobilidade e migrações
      • Valores, representações e atitudes sociais

     


    Conselho Nacional de Juventude (CNJ)

    Instituto Português da Juventude (IPJ)

    Observatório dos Percursos dos Estudantes (OPEST) - Universidade de Lisboa

    Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesap) – Universidade Cândido Mendes (BR)

    European Group for Integrated Social Research (EGRIS)

    Observatório da Juventude, Universidade Federal de Minas Gerais (BR)

    Observatório da Vida Estudantil – Universidade de Brasília (BR)

    Observatório Sociológico Família e Escola (OSFE) -Universidade Federal de Minas Gerais (BR)

     

     

    Cordenação:

    Maria Manuel Vieira (coordenadora)

    Vítor Sérgio Ferreira (vice-coordenador)

    Lia Pappamikail (assessora de coordenação)

     

    Apoio técnico-científico:

    Jussara Rowland

    E-mail: jussara.rowland@ics.ul.pt Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

     

    Conselho consultivo:

    Ana Nunes de Almeida (ICS-UL)

    Andreas Walther (Univ. de Frankfurt)

    Barbara Stauber (Univ. de Tübingen)

    Carlos Benedito Martins (Univ. de Brasília)

    João Teixeira Lopes (FL-UP)

    José Machado Pais (ICS-UL)

    José Manuel Resende (CesNova-UNL)

    Juarez Dayrell (Univ. Federal de Minas Gerais)

    Marília Spósito (Univ. de São Paulo)

    Vincenzo Cicchelli (Univ. Paris-Descartes)

    Representante do CNJ

    Representante do IPJ


    Instituto de Ciências Sociais
    Av. Professor Aníbal de Bettencourt, 9
    1600-189 LISBOA - Portugal
    Telefone 217 804 700
    Fax: 217 940 274
    E-mail:  opj@ics.ul.pt
    Internet:  http://www.opj.ics.ul.pt/
     
     
     
     

    Partilha esta informação E-mail | Facebook | Twitter
    pesquisa
    eventos
    fala connosco
    Linha da Juventude800 203 050
    Linha
    da Juventude
    Ponto Já
       
    Sítio acessível
    segundo as normas do W3C