Associativismo

Página Inicial  >  Associativismo  >  Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Associativo (IDA)
  Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Associativo - IDA Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Associativo - IDA
Visa o apoio financeiro às associações e federações juvenis com candidatura aprovada à medida Estágios Emprego, medida que integra o Programa Impulso Jovem.

 Visa a atribuição de apoios financeiros destinados ao incentivo à gestão da atividade das associações e federações de jovens, inserida no plano estratégico de iniciativas de promoção da empregabilidade juvenil, no âmbito da medida Estágios Profissionais e Emprego Ativo, desde que não comparticipadas por outros organismos ou programas.

O IPDJ, I.P., espera com este programa intervir de forma ativa na capacitação de recursos humanos da atividade associativa, assim como na melhoria do perfil de empregabilidade de jovens à procura de primeiro emprego e simultaneamente na transição da vida académica para o mercado de trabalho.

  • CNJ – Conselho Nacional de Juventude;
  • Associações ou federações juvenis, inscritas no Registo Nacional do Associativismo Jovem (RNAJ);
  • Associações ou federações de estudantes, inscritas no Registo Nacional do Associativismo Jovem (RNAJ).

Só são elegíveis as entidades que tenham estágios ou projectos/experiência prática em contexto de trabalho aprovados pelo Instituto do Emprego e Formação profissional, I.P (IEFP, I.P.):

  • no âmbito da Medida Estágios Profissionais (para jovens entre os 18 e os 30 anos), criada pela Portaria nº 131/2017, de 7 de abril e alterada pela Portarian.º70/2019, de 27 de fevereiro;
  • no âmbito da medida Emprego Jovem Ativo (para jovens entre os 18 e os 29 anos), criada pela Portaria nº 150/2014, de 30 de julho;
  • jovens estagiários até aos 35 anos, desde que enquadrem nas situações previstas no artº 3º da Portaria nº 131/2017, de 7 de abril.

Junto dos serviços do IPDJ, I.P., em requerimento próprio (anexo I da Portaria), no prazo máximo de 5 dias úteis, após a apresentação da candidatura às Medida do IEFP, IP.

O requerimento deve ser acompanhado de comprovativo de candidatura à medida Estágios Profissionais e ou medida Emprego Ativo junto do IEFP, I.P. 

  • por cada estágio aprovado, no âmbito da medida Estágios Profissionais é atribuído um valor máximo de €2.000,00 (dois mil euros);
  • por cada jovem integrado na medida Emprego Jovem Ativo, de acordo com o seu nível de qualificação, é atribuído um valor entre €600,00 (seiscentos euros), para o nível 1 e 2, e €1100,00 (mil e cem euros), para nível de qualificação 6 ou superior.

As candidaturas são apreciadas por ordem de entrada nos serviços do IPDJ, IP, sendo os apoios concedidos até ao limite da dotação disponível, mediante avaliação prévia.

Despesas inerentes ao projeto de estágio, desde que não comparticipadas por outros organismos ou programas. As entidades beneficiárias têm que apresentar, no prazo de 30 dias após o termo do estágio, um relatório final (em modelo próprio, anexo II da Portaria).

Portaria_160_2019__24maio_IDA [ .pdf | 100KB | .pt ]
Portaria 249/2014 27 novembro [ .pdf | 854 kb | .pt ]
Requerimento - ANEXO I [ .doc | KB | .pt ]
Realtorio_Final_IDA_ANEXO_II [ .doc | 100KB | .pt ]



Partilha esta informação E-mail | Facebook | Twitter
pesquisa
eventos
fala connosco
Linha da Juventude800 203 050
Linha
da Juventude
Ponto Já
   
Sítio acessível
segundo as normas do W3C